O jornalismo para lá de porco de Ilimar Franco

Por causa do meu amigo Alexandre Borges, li a coluna do Ilimar Franco, publicada no último domingo no jornal O Globo. Raras vezes topei com coisa tão baixa e vil publicada em um grande veículo. A coisa piorou consideravelmente nas respostas que tive aos comentários que enviei ao referido jornalista, onde fica patente o conceito porco que ele tem do que é sua profissão. Confiram seu texto e nossa debate por e-mail:

11752629_916076588450153_3208169629910230840_n
Eu –
Tive o infortúnio de topar com sua coluna de hoje no jornal O Globo. Minha sorte foi ter sido bem depois da refeição. Fazia tempo que não lia algo tão mendaz na imprensa. O senhor escreve, sem medo do ridículo, que os grupos contra o governo que organizaram os protestos do dia 15 de março vão às ruas contra “os nordestinos, os sem-teto e alguns usam símbolos nazistas”. Associar o MBL, o Vem Pra Rua e o Revoltados On-line a essas bandeiras criminosas é um ato criminoso. Seu texto é pura difamação, calúnia e imputação de crime. Um jornal sério o demitiria sumariamente. Os brasileiros que protestam nas ruas estão lá de forma ordeira, sem arruaça, sem depredação, sem inviabilizar a vida dos outros, para pedir o fim constitucional do governo criminoso do qual o senhor parece ser torcedor fanático. O Brasil precisa ser limpo, das estatais aparelhadas pelos petistas até certo jornalismo emporcalhado pelos Ilimares.

Ilimiar – Caro Guilherme , obrigado pela leitura e por ter escrito. As manifestações vão ocorrer independente do que se escreva sobre elas. Nossa intenção foi a de demonstrar que há espaço político para uma candidatura de Bolsonaro. Nunca pretendemos equiparar sua postura política a extremos. Mas ele existe e o favorecem. Assim como há setores moderados que o apoiam.

Eu – Sr. Ilimar Franco. Não deturpe o alvo de meu comentário. Não entrei no mérito da candidatura de Bolsonaro. Meu comentário é sobre sua ilação aos grupos que organizaram os protestos do dia 15 de março e 12 de abril. O senhor atribui a esses grupos pautas que eles não defendem. Da onde você tirou que eles atacam nordestinos e os sem-teto, ou que usam símbolos nazistas? Quais provas o senhor tem para fazer esses comentários? Sua analise da viabilidade de Bolsonaro é mero enfeite para demonizar e caracterizar os movimentos contra o governo como radicais, preconceituosos e adeptos do eugenismo social.  O senhor chama de jornalismo esse tipo de abordagem canalha e mentirosa?

IlimiarCaro Guilherme, as informações se baseiam nas publicações feitas pela imprensa. Não há enfeites nem estas organizações constituem o tema central da nota publicada. A reação raivosa a essas informações talvez sejam reveladoras.

Eu – Ilimar Franco, o senhor é jornalista. Está dizendo que sua fonte de informação são outros veículos de informação? O senhor não conhece fontes primárias? Se o senhor está falando sobre as pautas dos movimentos, deve ir atrás do que eles propõe objetivamente, não do que foi dito que eles propõe. Isso não é jornalismo, é copia e cola. Por fim, não importa qual seja o tema de sua coluna, o que importa é a forma com que aborda esses assuntos, sendo eles principais ou secundários. Por fim, a única coisa que a minha “reação raivosa” revela é a desonestidade intelectual do seu texto.
P.S 1 – Acho engraçado esse seu estilo cordial, cobrando bons modos e parcimônia enquanto, na sua coluna, sai a escrever coisas que poderiam facilmente ser enquadradas como injúria e difamação. Não há nada mais raivoso do que demonizar quem discordamos. 
P.S 2 – Já que sua fonte são “publicações feitas pela imprensa”, tomo a liberdade de colocar os links para as reivindicações dos movimentos que o senhor deturpou. Se encontrar ali qualquer menção a nordestinos ou símbolos nazistas, favor me informar.
http://www.movimentobrasillivre.org/#!manifesto/c1k0w
http://vemprarua.org/o-manifesto

Anúncios

7 comentários sobre “O jornalismo para lá de porco de Ilimar Franco

  1. Parabéns por enfrentar um vigarista de marca maior, cujo objetivo é esse mesmo: detratar os manifestantes colocando-os na posição de radicais, extremistas e anti-democráticos.

  2. guilherme, seus argumentos foram justo e muito bem fundamentados. Cada dia mais deixo de ler esses pseudojornalistas que ao invés de informação correm atrás de fomentação de ódio e divisão da população na base de mentiras e sobretudo deturpação dos fatos. Parabéns por sua atitude… quanto ao blogueiro Ilimar… me parece mais um fofoqueiro de plantão, sem credenciais de jornalista.

  3. Por isso que O Globo está perdendo credibilidade – faz tempo. É uma pena mas isso vai mudar quando mais e mais pessoas se mostrem de direita, e de direito.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s