No Confronto, uma analise do jornalismo ideológico que escondeu do público os fatos jurídicos sobre a redução da maioridade

Confiram a íntegra do programa, que contou com participação do colega Eduardo Bisotto:

Hoje, no Confronto, reproduzi os comentários políticos de Carolina Bahia, Rosane de Oliveira e Josias de Souza. Os três falavam da sessão que aprovou a redução da maioridade. O discurso reproduzido por eles, que é também plasmado por muitos outros formadores de opinião da grande imprensa, é o mesmo: Cunha é um autoritário que não gosta de perder, e que manobrou de forma inconstitucional para aprovar a tese que achava certa. Os três seguiram essa mesma linha de raciocínio, escondendo do público todo o embasamento jurídico por trás da iniciativa do Presidente da Câmara. Os três atacavam Cunha como se a população estivesse indignada com o que se passou no Congresso. O mainstream do jornalismo brasileiro parece que fala para um público paralelo. Assim como Dilma, essa gente também está deslocada da realidade.

Sem título

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s