A dupla moral de Manuela servida em postas

Manuela se pretende uma vítima. Foi assim que ela se apresentou na Assembléia Legislativa depois que seu conchavo do Humaniza Redes foi atrapalhado por um grupo de manifestantes que pediam contraditório em um debate onde todos os convidados concordavam. A deputada reclamou, chegando a dizer que as pessoas ali presentes eram as mesmas que até pouco tempo definiam o rumo do país, em clara referência a ditadura militar. A deputada esquece que aqueles que de fato definiam o rumo do país naquela época, figuras como Delfim Netto, Paulo Maluf e José Sarney, hoje estão coligados com seu partido, o PCdoB, na base de apoio do governo Dilma.

Não faz muito tempo, o Legislativo gaúcho sediou um evento intitulado “Fórum dos Grandes Debates”, com participação do Presidente da Câmara, Eduardo Cunha. As esquerdas, buscando intimidar o deputado que tem sido uma pedra no sapato do governo Dilma, resolveram organizar uma arruaça. O teatro Dante Barone foi ocupado por claques que atrasaram por mais de três horas o início das atividades, vaiando inclusive a execução do hino nacional. Tudo foi filmado pelo cientista político Fabio Ostermann:

Manuela não apareceu na tribuna para reclamar de ódio nessas manifestações. Manuela não se solidarizou com o presidente da casa, Edson Brum, que foi brutalmente interrompido, muito menos com o palestrante Eduardo Cunha, que foi ofendido e perseguido. Manuela não disse nada sobre o grupo organizado. É que nesse caso, de proporções muito maiores, haviam integrantes dos chamados “movimentos sociais”, aquelas milicias que prestam vassalagem ao governo do qual a deputada comunista faz parte.

Estão notando um duplo padrão moral? Ele vai muito mais além. Manuela, que se vitimiza confortavelmente na tribuna, jamais se solidarizou com a perseguição bárbara perpetrada pela esquerda brasileira contra a dissidente cubana Yoani Sanchez quando esta esteve no Brasil para falar dos horrores que vivenciam ela e seus compatriotas na ilha que foi sequestrada por uma gangue de genocidas comunistas. Aqui está a forma com que a deputada tratou da questão:

Segundo o raciocínio de Manuela, a vaia e os protestos são democráticos em eventos onde a “moça”, na verdade a Prof. Yoani, falava, mas são odiosos e raivosos quando a palestrante é a própria deputada e seus convidados progressistas ilustres. Não bastasse isso, ela passou uma borracha no que de fato aconteceu com a dissidente cubana. Não foram meras vaias.

Além de ser espionada por agentes castristas com aval do governo brasileiro, a selvageria da esquerda nas manifestações contra Yoani era tanta que ela chegou a ser agredida fisicamente ao ter seu cabelo puxado. Imaginem vocês o escarcéu que seria se o mesmo ocorresse com a dondoquinha comunista. Certamente ela proporia uma CPI da chapinha.

A deputada que vive enxergando ódio nos outros não passa de uma acobertadora do ódio materializado de seus companheiros.

manuela
As ferramentas do vitimismo
Anúncios

2 comentários sobre “A dupla moral de Manuela servida em postas

  1. O que se pode esperar de uma CC (comunista caviar), descerebrada pelo veneno dos agitadores profissionais da pseudo gang comunista, que de comunista não tem nada. Não passam de oportunistas como estamos comprovando há 13 anos. A escória no governo, corrupta, fraudulenta que acha que vão transformar o Brasil naquelas bostas chamadas cuba, venezuela, bolivia e por ai vai. Fui criado num bairro da zona sul do Rio onde residiam comunistas históricos e até brincava com os filhos de alguns. Eram pessoas com cultura, educação e que eu respeitava porque admirava sua convicção, mesmo eu não aceitando o que pregavam. Pessoas que trabalhavam, não roubavam nem eram ricos. bem diferentes do que vemos hoje.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s