O Papa Francisco e seus anjinhos

Odiadores da Igreja estão bem impressionados com Francisco. Esses dias o Santo Padre se encontrou com o Raul Castro, que certa canalha aglutinada na imprensa chama de “presidente”. O herdeiro de Fidel chegou a declarar que lia todos os seus discursos e que se ele “continuasse assim”, voltaria a frequentar a Igreja. O grande legado do Papa será convencer o ditador caribenho a rezar um Pai Nosso cada vez que for fuzilar um dissidente.

O antissemita Mahmoud Abbas foi chamado pelo Papa Francisco de “anjo da paz”. O próximo passo é o Vaticano canonizar Yasser Arafat.

Papa Francisco não nega sua origem argentina. Ele levou o Peronismo ao altar.

O Papa Francisco pratica um catolicismo suburbano. Ele é a Regina Casé de batina.

abbas_hamas--621x414
Dois anjos
Anúncios

Um comentário sobre “O Papa Francisco e seus anjinhos

  1. Exatamente, Guilherme. Se o Mahmoud Abbas é o “anjo da paz”, melhor nem saber que é o demônio nessa história toda. Estou quase me convencendo das acusações por parte dos conservadores americanos de que esse Papa só pode ser um marxista. Mas independente disso, é estranho notar que desde a posse de Francisco até hoje não se ouve mais falar na mídia sobre os “escândalos de pedofilia, etc” na Igreja Católica.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s