Willa Rousseff e os petistas

ImageImage

“Nas fotos: Dilma e Zé Dirceu”

Willa gosta de bichos. Toda vez que ela encontra um animal exótico na rua, trata de levá-lo para casa. Quem é Willa? Willa, para quem não sabe, é a personagem principal do desenho Willa e os Animais, veiculado pelo canal Discovery Kids. Dilma Rousseff é a nossa Willa. Assim como a personagem do desenho, Dilma coleciona criaturas exóticas que encontra na fauna política brasileira. Se a Willa do desenho adota os animais, a Willa do PT trata de nomeá-los para Ministérios e presidências de estatais. Um dos principais amigos de Willa é o jacaré Juca, que vive reclamando desde que foi convencido a se mudar do bueiro onde morava para debaixo de uma cama, local sempre escuro e cheio de pó. Se Dilma é Willa, José Dirceu, o chefe da quadrilha, é Juca, o Jacaré.  Se Juca saiu de um bueiro, José Dirceu saiu do Ministério da Casa Civil, local transformado em bueiro pelos petistas. Assim como Willa mantém Juca debaixo da cama, os petistas mantém José Dirceu debaixo dos panos, agindo no submundo da política. 

Ao longo das últimas semanas, Willa Rousseff tratou de partilhar o seu futuro governo, entregando nacos do Estado nas mãos dos animais políticos que durante a campanha a apoiaram. O PMDB de Michel Temer indicou cinco notórias nulidades. Entre elas o lacaio de José Sarney, Edison Lobão para o Ministério das Minas e Energia, e o enfadonho Garibaldi Alves para o Ministério da Previdência. Lula, o pai da Willa petista, indicou nada menos que oito ministros, escancarando para todos quem vai mandar de verdade. O governo de Willa Rousseff será um misto de incompetência, advinda das indicações sem critério da base alugada, corrupção, originada pelas oligarquias, e totalitarismo, fruto da influência dos radicais do PT.

Durante a campanha eleitoral, o Brasil se espantou com o primarismo de Dilma Rousseff. Ideias curtas e frases complicadas deram a tônica de seu desempenho destrambelhado. Tal qual Willa, que no desenho repete incessantemente frases como “Ops” e “Papai preciso de um abraço”, Dilma se notabilizou por falar seguidas vezes “Essa é uma questão fundamental” e “tergiversar”.  O que diferencia a Willa do desenho e a Willa do VAR-Palmares é que a primeira é uma criança que fala para um público infantil e a segunda é uma presidente que fala para um País. 

Dilma Rousseff tem tudo para ser a pior governante da história do Brasil. A formação de seu governo e sua atuação durante a crise de segurança no Rio de Janeiro mostraram qual é o risco de se entregar o País para Willa: o risco de ser devorado por Juca, o Quadrilheiro.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s